Negócios

As 5 principais tendências de espaço de trabalho flexível

3 Mins read

Com cerca de 35.000 espaços em todo o mundo, os espaços de trabalho flexíveis e de coworking provaram que são muito mais do que uma moda passageira.

Em todo o mundo, o número de espaços de coworking deve crescer a uma taxa anual de 13% até 2023.

Para Adriano Luz, CEO e fundador do Coworking em Ribeirão Preto, o setor tem muito o que esperar este ano, pois a experiência tradicional de escritório continua a evoluir.

O coworking evoluiu de origens atendendo às necessidades de startups ou freelancers, tornando-se uma escolha para empresas de todos os tamanhos, especialmente equipes de cinco a 50 pessoas.

O trabalho flexível percorreu um longo caminho desde os primeiros dias da indústria, com hot-desks obrigatórias e pingue-pongue sendo substituídos por muitas empresas com experiências e instalações premium.

“No caso do Beework, os membros recebem uma experiência de trabalho diária semelhante a um hotel premium.”

Com as mudanças nas expectativas de clientes e membros, os ambientes de espaço de trabalho flexível e de coworking precisam aprender e evoluir rapidamente.

A experiência tradicional de escritório continuará a evoluir ao longo do ano.

As 5 principais tendências de coworking definidas para surgir e crescer nos próximos anos:

1. Aumento da aceitação e uso contínuo por empresas

Instituições corporativas, como finanças, seguros, bancos e indústrias mais tradicionais, já adotaram o coworking e os escritórios flexíveis para suas equipes. Isso deve continuar nos próximos anos, à medida que mais empresas maiores identificam os benefícios do espaço flexível para acomodar equipes de projeto e temporárias, reformas na sede ou espaço excedente.

O Beework já é o lar de várias dessas equipes, e elas consideram a flexibilidade um grande ativo de negócios. Você se adapta ao tamanho que precisa, além de ter salas de reuniões em ribeirão preto e qualquer outro lugar a disposição.

Com os padrões de contabilidade alterados exigindo que todos os aluguéis de escritórios apareçam no balanço patrimonial, a adoção de ofertas de espaço de trabalho como serviço de provedores de espaço de trabalho flexível (que aparecem como despesas operacionais) se expandirá ainda mais para se tornar parte da solução de escritório para mais organizações corporativas / governamentais.

2. Design focado em hospitalidade para atração e bem-estar da equipe

O design de espaços de coworking será cada vez mais adaptado para se adequar aos estilos de vida das forças de trabalho da Geração Y e Geração Z, com foco em ajudar as empresas a atrair e reter funcionários.

Muitos membros do Beework já enfatizam os benefícios do trabalho flexível e os diversos recursos que os espaços de coworking oferecem às suas equipes.

Também é provável que as operadoras continuem a seguir os líderes do setor, como o Beework, para aumentar as ofertas de hospitalidade, incluindo opções como cafés, restaurantes e bares nos espaços de trabalho.

3. Parcerias de joint venture entre proprietários e operadoras estabelecidas

Agora que a bolha WeWork estourou, a poeira baixou e a demanda por um espaço de trabalho flexível e de qualidade continua a crescer, os operadores e proprietários estarão trabalhando na melhor maneira de otimizar o risco e o retorno para todas as partes.

O aluguel tradicional provavelmente abrirá espaço para arrendamentos híbridos, contratos de gerenciamento e modelos de taxa por serviço – permitindo que os proprietários participem dos maiores rendimentos de espaço flexível enquanto mantêm relacionamentos com os clientes.

O Beework está trabalhando com vários Joint Ventures e proprietários de imóveis para personalizar e operar o gerenciamento flexível do espaço de trabalho para atender às suas necessidades.

4. Sustentabilidade

Mais empresas de coworking passarão a se comprometer com locais de trabalho sustentáveis, à medida que medidas de eficiência energética se tornem uma prioridade cada vez maior para os membros.

A criação de um espaço de trabalho ecologicamente correto traz benefícios positivos para a cultura dos funcionários e para o sentimento empresarial, além de ser um passo importante para proteger o nosso planeta.

O Beework está a caminho de se tornar um dos primeiros espaços de coworking com certificação neutra de carbono do mundo nos próximos anos.

5. Maior uso de tecnologia para atender às necessidades dos membros

É hora de começar a observar ativamente as mudanças nas atitudes de como as pessoas querem trabalhar.

Os provedores de coworking precisam pensar em criar espaços sob medida e com curadoria que atendam a uma variedade de necessidades diferentes, começando pela coleta de dados sobre demandas e otimização, e procurando por novas tecnologias que podem simplificar e aprimorar as experiências do dia a dia dos membros.

Postagens relacionadas
Marketing DigitalNegócios

Qual estratégia de venda devo usar para vender mais

2 Mins read
Se você está trabalhando em uma ideia de negócio inicial ou se preparando para lançar um novo produto, não dê um salto…
Negócios

4 benefícios do coworking e suas oportunidades

2 Mins read
Trabalhar em espaços de coworking realmente beneficia? A pergunta que sempre é feita. E a resposta é SIM.  Ele provou ser benéfico…
CarreiraNegóciosTecnologia

Desenvolvimento pessoal: por que é importante para a sua carreira?

3 Mins read
O seu desenvolvimento pessoal também é muito importante para sua carreira. Não ter um desenvolvimento pessoal adequado pode trazer consequências graves para…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *