Saúde / Beleza

Saúde mental: a importância do autocuidado

6 Mins read

No dia a dia, é comum que qualquer pessoa lide com diferentes situações, boas ou ruins, e, diante disso, elas podem trazer consequências que afetam o lado emocional. Ter saúde mental é indispensável para conseguir lidar com essa possibilidade.

Não há como driblar adversidades da vida. Em geral, todos os dias, as pessoas passam por momentos que exigem que elas se exteriorizem de alguma maneira. E mesmo quando não há essa necessidade, precisam lidar com o impacto de determinado acontecimento.

Isso não significa, impreterivelmente, que as pessoas só passam por situações ruins. De fato, existe uma série de eventualidades quando o assunto é sentimentos.

É possível perceber a alegria de quem acabou de receber uma medalha esportiva personalizada depois de muito tempo de empenho em treinos e preparação para competir. E, ao mesmo tempo, notar alguém que tenha ficado frustrado por não ganhar o prêmio.

O equilíbrio entre esses dois polos é essencial. Afinal, ninguém coleciona apenas bons momentos, assim como não há uma pessoa que não tenha nenhuma situação feliz em sua vida.

Por isso, essa balança de emoções é fundamental, pois é ela que garante a saúde mental de qualquer indivíduo. É verdade que em alguns períodos da vida pode parecer que apenas há situações ruins acontecendo.

No entanto, quando uma pessoa percebe essa tendência, é possível que ela esteja passando por uma fase ruim, apresentando assim algum tipo de transtorno ou doença mental. Na prática, ao perceber isso, é imprescindível buscar ajuda.

Isso porque o natural é que as pessoas tenham e convivam com uma saúde mental equilibrada, e que consigam lidar com diferentes situações sem que isso lhes cause problemas ou dificuldades demais.

Para ter uma mente saudável, um aspecto muito importante, e que com certeza fará toda a diferença, é o autocuidado. Se você não sabe o que isso quer dizer, este artigo vai te explicar detalhadamente, assim como dará dicas do que fazer para cuidar da mente.

O que significa saúde mental?

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), não existe uma definição específica para o que é a saúde mental. Mas há uma explicação que ajuda a entender melhor esse conceito.

O termo saúde mental se relaciona ao modo como uma pessoa lida com os desafios, as mudanças e as exigências da vida. Ao mesmo tempo, é a forma com que ela harmoniza tudo isso com suas emoções e ideias.

Se o smartphone de alguém quebra, vai gerar certa tristeza e frustração. No entanto, a solução para esse problema é bem prática: levar até um conserto placa iphone 6. Com isso, é possível recuperar o aparelho, sem ficar nutrindo emoções ruins.

Este é apenas um exemplo que ilustra o fato de que, todos os dias, as pessoas vivenciam situações e emoções que fazem parte da rotina, podendo ser positivos ou negativos. Alguns dos sentimentos mais comuns no dia a dia são:

  • Alegria;
  • Tristeza;
  • Satisfação;
  • Raiva;
  • Felicidade;
  • Frustração.

A maneira que alguém vai lidar com esses sentimentos, perante uma circunstância que esteja passando, vai evidenciar se a pessoa consegue gerenciar tais aspectos sem muita dificuldade ou se a sua saúde mental não vai bem.

Diante disso, ela precisará encontrar uma solução para que não fique abalada perante os problemas, e consiga lidar com eles da forma mais tranquila possível.

Saiba o que é autocuidado

É preciso estar atento ao que está ao redor. Assim como para deixar a casa mais segura pode ser necessário investir em uma tela protetora para varanda, para que um indivíduo consiga cuidar de si mesmo, ele deve praticar certos cuidados.

O autocuidado é um conceito que se refere a uma série de ações que podem ser realizadas pelas pessoas para que tenham uma maior qualidade de vida e, assim, cuidar de si mesmas com maior zelo.

Para que o processo seja efetivo, é essencial que a maneira de se fazê-lo esteja de acordo com os desejos, vontades, interesses e objetivos de cada um. Por isso, não se trata de um conjunto de ações universal, e sim que podem ser adaptadas de pessoa para pessoa. 

Dessa forma, o autocuidado pode ser feito de diferentes formas, como com a prática de exercícios, o cultivo de boas amizades para evitar o isolamento social, o exercício da espiritualidade, o planejamento financeiro, o contato com a natureza, entre outras.

Portanto, uma pessoa que desejava conseguir uma habilitação especial para moto, e investiu tempo da sua rotina para ter sucesso nisso, pode desfrutar da satisfação de ter um autocuidado que a levou a conquistar seu objetivo.

Como o autocuidado eleva a saúde da mente 

Por se tratar de um conjunto de hábitos, de valores e até de posturas com o objetivo de promover o bem-estar emocional, o físico e o psicológico, o autocuidado é de suma importância para as diferentes esferas da vida.

O autocuidado é uma atitude eficiente para melhorar a saúde mental, de modo que pode ser praticada diariamente, diante de qualquer situação e a qualquer momento.

Ao perceber que fazer um evento profissional em casa pode causar uma variedade de dificuldades, uma pessoa pode decidir partir para a locação de espaço comercial como um modo de evitar problemas.

Além disso, o autocuidado pode ser feito em pequenas ações, como ler um livro que vai ajudar na autoestima e proporcionar momentos de lazer, comprar uma peça de roupa que vai trazer mais autoconfiança ou usar uma maquiagem para se sentir melhor.

Por isso, de forma resumida, o autocuidado pode ser praticado e trazer resultados nos menores detalhes do dia a dia. Mesmo que possam parecer irrelevantes em um primeiro momento, as ações são capazes de proporcionar o bem-estar necessário.

O maior benefício do cuidado pessoal, nesse cenário, é que a soma de todos os detalhes que melhoram a rotina e a vida de um indivíduo impactam a sua saúde mental, o que gera efeitos a curto, médio e longo prazo.

4 autocuidados que ajudam na saúde mental

Qualquer pessoa que esteja organizando um congresso que requer equipamentos sabe que pode recorrer a um aluguel de impressora para eventos e ter a tranquilidade de utilizá-la, garantindo assim uma estrutura completa para a ocasião.

Quando alguém percebe que os acontecimentos de seu cotidiano estão prejudicando em algum sentido, pode partir para uma jornada de autoconhecimento e investir em cuidados que vão melhorar o aspecto emocional. Alguns exemplos de como fazer isso são:

1. Autocuidado físico

Não há como negar que a saúde física impacta diretamente no bem-estar de qualquer pessoa. Por isso, encontrar a forma ideal de adquirir hábitos que tragam maior disposição corporal é essencial para a satisfação pessoal.

Não é à toa que um paciente precisa passar por uma avaliação psicológica para cirurgia bariátrica, pois a mudança pela qual ele passará após o procedimento será grande. Por isso, ter atenção com a parte física é a melhor forma de contribuir com o aspecto mental.

2. Autocuidado emocional

Cuidar das emoções também é indispensável. Então, a forma mais eficaz de garantir bons sentimentos durante o dia é dormir bem, aliviar o estresse, acordar cedo, ser produtivo, não guardar sentimentos ruins de situações passadas e cultivar bons pensamentos.

Até mesmo uma visita a uma instituição de caridade pode gerar um autocuidado emocional, uma vez que a pessoa passa a servir ao próximo, se sentindo útil e contribuindo para alegrar a vida de outros.

3. Autocuidado social

O autocuidado social é aquele que envolve a presença de mais pessoas. É essencial estar cercado de amigos que ajudam a elevar a autoestima, que tragam felicidade e que possam ajudar quando necessário.

Nesse sentido, nada mais natural do que se aproximar de pessoas que fazem o bem, e se distanciar daquelas que são tóxicas e podem causar uma série de incômodos, afetando o bem-estar.

4. Outros autocuidados

Mais autocuidados relevantes são o financeiro, o psicológico e o ambiental. Ou seja, ter a tranquilidade de uma gestão correta e apropriada do dinheiro, ter suporte de um terapeuta se necessário e organizar os espaços que frequenta ajudam na saúde mental.

Então, seja organizando um papel timbrado psicologia na gaveta, agendando uma consulta com um psicólogo ou psiquiatra ou evitando gastar mais do que o necessário, é possível aumentar o bem-estar de modo simples e prático.

Considerações finais

Indiscutivelmente, a saúde mental é o que move a vida de todas as pessoas, principalmente nos tempos atuais, onde é possível se deparar com diferentes tipos de situações e que exigem determinadas posturas.

Sendo assim, é essencial praticar o autocuidado, como os mencionados neste artigo, para ter maior disposição e inteligência emocional, o que vai assegurar uma qualidade de vida muito maior.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Postagens relacionadas
Saúde / Beleza

Irritação na gengiva: causas e tratamentos

3 Mins read
As gengivas muitas vezes são tecidos bucais subestimados por nós. Isso porque, muitas pessoas acabam prestando atenção nos dentes e se esquecendo…
Saúde / Beleza

Dor de garganta: entenda a relação com a saúde bucal

3 Mins read
As pessoas costumam achar que as doenças bucais tem relação apenas com a saúde dos dentes, o que muitas vezes pode não…
CotidianoSaúde / Beleza

É possível reverter a flacidez?

3 Mins read
O excesso de pele no rosto, abdômen ou braços pode ser muito desconfortável, especialmente para aqueles que lutaram para perder peso e…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *