Saúde / Beleza

Irritação na gengiva: causas e tratamentos

3 Mins read

As gengivas muitas vezes são tecidos bucais subestimados por nós. Isso porque, muitas pessoas acabam prestando atenção nos dentes e se esquecendo de cuidar delas sem levar em consideração que essa parte da boca pode sofrer com inflamações e até mesmo irritação na gengiva.

Em suma, a irritação da gengiva pode acontecer por diversos fatores, como por exemplo pela queimadura de um alimento ingerido muito quente, traumas ou até mesmo aftas. 

Entretanto, quando essas irritações surgem de forma frequente, isso pode ser um alerta do corpo.

Isso porque, essas feridas e irritações podem ser sintomas de problemas mais graves como por exemplo, o próprio câncer de boca. 

Justamente por esse motivo que é tão importante fazer um acompanhamento com um periodontista e observar sua gengiva de forma a entender os sinais que ela pode apresentar. 

Tendo isso em mente, confira a seguir tudo o que você precisa saber sobre irritações na gengiva, bem como as causas mais comuns, sinais e sintomas que podem indicar algo mais grave, e formas de evitar essas irritações e cuidar da sua saúde bucal.

Quais as principais causas da irritação na gengiva?

A irritação na gengiva pode indicar alguma lesão com um motivo corriqueiro, como bater a boca e machucar a gengiva, comer algo muito quente, ou também está relacionada a doenças periodontais que requerem a avaliação de um dentista periodontia.

Portanto, confira a seguir algumas das principais causas dessas doenças periodontais que levam a sensibilidade na gengiva, ferida e irritação ou até mesmo que levam a inflamação desse tecido responsável por revestir as raízes dos nossos dentes. 

  • Má higiene oral;
  • Uso de aparelhos e próteses;
  • Alterações hormonais;
  • Nascimento do dente do siso;
  • Sapinho;
  • Gengivite;
  • Aftas;
  • Abcesso dentário.

Em suma, é preciso prestar atenção também em sinais que podem indicar alguma doença periodontal e portanto a necessidade de buscar por um dentista especialista em gengiva

Um desses sintomas é o sangramento da gengiva, que ao contrário do que muitos imaginam, não é normal. 

O sangramento da gengiva ao fazer a escovação pode indicar que está machucando ela e desgastando, problema que pode te causar sensibilidade nos dentes. 

Assim como, o sangramento gengival pode indicar que sua gengiva está inflamada devido a uma gengivite, por exemplo. 

Além disso, é preciso prestar atenção em feridas e até mesmo aftas, inchaço nas gengivas e uma aparência esbranquiçada. 

Isso porque, características mais atípicas podem indicar doenças menos comuns, como é o caso do sapinho, ou em ocasiões ainda mais graves, um câncer bucal. 

Em resumo, ao menor sinal de anomalias e comportamentos bucais fora do normal, não hesite em procurar por um dentista endodontia e solicitar por uma avaliação profissional. 

Quais os possíveis tratamentos para irritação na gengiva?

Os tratamentos para problemas com a gengiva vão variar de acordo com a causa e a peculiaridade de cada caso. 

Como por exemplo, problemas de sapinho que são comuns em crianças menores e tratados por especialistas como dentista para bebe são feitos de uma forma, enquanto a gengivite de um adulto será tratada de outra maneira. 

Justamente por isso que a primeira coisa a se fazer é procurar um dentista e solicitar uma avaliação. Pelo fato de que apenas ele poderá indicar o melhor tratamento de acordo com as peculiaridades de cada caso e paciente.

Entretanto, é possível afirmar que na maioria dos casos, quando a irritação se refere a problemas de inflação, os dentistas podem solicitar procedimentos como a limpeza para tirar as bactérias e microrganismos causadores daquele problema. 

Quais as dicas para evitar uma irritação na gengiva?

Para evitar irritações na gengiva e problemas periodontais é necessário, em primeiro lugar observar sua gengiva de modo a entender seus sinais e perceber quando ela está ou não saudável. 

Além disso, é preciso reforçar a limpeza bucal através da escovação adequada, sem força bruta para não machucar suas gengivas e desgastá-las. 

Lembre-se de sempre usar o fio dental. Isso porque, eles são os únicos objetos capazes de fazer a limpeza das gengivas, uma vez que a escova não pode limpar a parte entre elas e os dentes. 

Ademais, não se esqueça de passar em consultas com um profissional dentista periodicamente, de preferência, a cada seis meses. 

Isso porque, essas consultas são essenciais para a identificação dos problemas bucais precoces para um tratamento mais eficaz, antes de qualquer outra consequência mais grave. 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Postagens relacionadas
Saúde / Beleza

Saúde mental: a importância do autocuidado

6 Mins read
No dia a dia, é comum que qualquer pessoa lide com diferentes situações, boas ou ruins, e, diante disso, elas podem trazer…
Saúde / Beleza

Dor de garganta: entenda a relação com a saúde bucal

3 Mins read
As pessoas costumam achar que as doenças bucais tem relação apenas com a saúde dos dentes, o que muitas vezes pode não…
CotidianoSaúde / Beleza

É possível reverter a flacidez?

3 Mins read
O excesso de pele no rosto, abdômen ou braços pode ser muito desconfortável, especialmente para aqueles que lutaram para perder peso e…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *