Marketing Digital

Growth marketing: saiba os benefícios

6 Mins read

Growth marketing é um termo cada vez mais conhecido entre as empresas e profissionais da área, sendo uma estratégia fundamental para o crescimento da organização de maneira ágil e eficaz.

Hoje em dia, os negócios têm acesso a muitas transformações digitais e comportamentais e isso faz com que o marketing mude também e com muita frequência.

Por conta disso, surgem novos termos, formas e conceitos de divulgar uma empresa, seus produtos e serviços. O growth marketing surge como uma metodologia que ajuda a fazer os negócios crescerem de maneira disruptiva e exponencial.

O objetivo de todas as organizações é crescer, por conta disso, precisam saber o que é essa estratégia e compreender o que ela é capaz de fazer pelos negócios. O marketing digital está revolucionando a maneira como as marcas se posicionam.

Com a evolução do canal e das tecnologias, muitas mudanças acontecem frequentemente e ainda estão por vir, e qualquer um que não esteja por dentro delas e não possa acompanhá-las, acaba caindo no ostracismo.

Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar o conceito de growth marketing, como aplicar essa estratégia e dar algumas dicas para implementá-la em seu negócio.

Entenda o conceito de growth marketing

Growth marketing é uma estratégia que pode ser definida de várias maneiras diferentes. Ele ajuda a crescer o negócio de maneira consistente e permite que ele alcance suas metas comerciais.

Também é uma forma de fazer a empresa crescer além das métricas presentes no topo de funil, ou seja, muito mais do que receber cliques, likes e estimular as compras, essa prática melhora o relacionamento de longo prazo e traz vendas recorrentes.

Assim, um escritório especializado em sala planejada apartamento vai direcionar mais pessoas ao seu negócio e aumentar a receita. Além disso, é uma forma de manter os clientes engajados e fidelizá-los.

Em linhas gerais, trata-se de um método de marketing holístico, capaz de atrair novos clientes, envolvê-los e transformá-los em consumidores e promotores de longo prazo.

Como aplicar o growth marketing em seu negócio

Para aplicar o growth marketing em seu negócio, existem algumas práticas simples que ajudam no processo. Dentre elas estão:

  • Comunicação entre as áreas;
  • Uso de tecnologia;
  • Testes;
  • Trabalho em equipe.

É fundamental estabelecer uma comunicação entre as áreas, como negócios, marketing e comunicação. Todos os profissionais precisam compreender as metas que possuem, para que se promova a integração de disciplinas e estratégias efetivas.

Existem várias ferramentas que podem ser utilizadas, como monitoramento de redes sociais, Google Analytics, heatmaps, entre outras, e todas são imprescindíveis para os negócios.

Um fabricante de embalagem de papel personalizada precisa saber mensurar os aspectos relevantes de suas estratégias e cruzar as informações oferecidas pelas ferramentas, de modo a direcionar suas próximas ações.

Dificilmente a primeira estratégia será a mais adequada, mas a companhia pode usar as ferramentas que possui para testar a performance de suas ações e afiná-las com base nos dados que obtém.

A equipe tem um papel muito importante no sucesso do planejamento, por isso, mais do que obter dados e ferramentas, é muito importante estimular os funcionários para que eles tenham novas ideias.

Com isso, serão capazes de fazer uma leitura inteligente das informações e gerar insights que vão ajudar a empresa a crescer.

O objetivo do growth marketing é oferecer um olhar consistente sobre as possibilidades de crescimento de médio e longo prazos, algo que precisa ser praticado constantemente pelas organizações.

Isso está muito além de investir em oportunidades, tendo em vista a necessidade de conduzir a equipe para que todos atuem de maneira próxima e integrada. Em outras palavras, é necessário saber como implementar essa prática.

Dicas para implementar o growth marketing

Para implementar o growth marketing, uma empresa especializada em desentupimento deve colocar em prática o seguinte passo a passo:

Conhecer o público-alvo

É muito normal que as organizações tenham pessoas de todas as idades e estilos frequentando seus estabelecimentos para comprar.

Mas, se você fizer uma análise aprofundada sobre as características do seu público, vai perceber que existem algumas características predominantes, que formam um grupo de pessoas com mais probabilidades de fazer negócio.

Por exemplo, pode ser que a maioria dessas pessoas viva em uma determinada região, da mesma forma, pode ser que o grupo predominante seja formado por mulheres ou homens.

Também é muito comum ver que existe uma faixa etária predominante, assim como uma renda ou nível de escolaridade. Todas essas características precisam ser identificadas para descobrir quem é o público-alvo da sua marca.

Depois de saber quem é o público, é necessário criar um nicho dentro dele. Por exemplo, uma oficina mecânica mais próxima descobriu que seu público é mais masculino, entre 30 e 40 anos e que possui problemas semelhantes.

Saber quem são os clientes em potencial

Agora que você já sabe quem é o seu público, precisa conhecer essas pessoas individualmente. Isso acontece por meio de pesquisas de tendências para certas características demográficas, diretamente com os indivíduos em questão.

Se a marca ainda não tem uma boa presença online, pode começar essa pesquisa dentro do próprio estabelecimento, oferecendo um desconto ou um brinde para quem responder suas perguntas.

Agora, se o seu negócio já conseguiu consolidar uma boa presença na internet, precisa saber como se comunicar com esses usuários para obter as respostas certas.

Escolher as plataformas adequadas

Existem mais de 200 redes sociais ativas no mundo, embora uma minoria seja utilizada no mundo todo. Nenhuma empresa precisa criar um perfil em cada rede social, mesmo porque, cada plataforma precisa ser alimentada.

No caso de uma empresa de entrega de folhetos porta a porta, o certo é escolher os canais usados pelo público.

Indiscutivelmente, a rede social mais usada é o Facebook, e a maioria dos usuários acessam esse canal por meio de dispositivos móveis, portanto, os conteúdos criados pela marca precisam ser mobile friendly.

Outra opção é o Instagram, que tem como foco o compartilhamento de imagens e um público pertencente a uma faixa etária entre 18 e 35 anos. 

Por incrível que pareça, os homens costumam usar mais do que as mulheres e boa parte deles é estudante universitário.

Embora o YouTube não seja uma rede social, não pode ficar de fora dos sites mais utilizados pelos consumidores. Essa plataforma é popular entre homens e mulheres e ajuda a aumentar a visibilidade da marca no Google.

Outras opções para a sua empresa investir são o Twitter, LinkedIn e Pinterest, não se esquecendo de redes sociais que estão crescendo muito, como o TikTok.

Criar bons conteúdos

Agora que uma clínica médica oftalmológica já escolheu as plataformas onde vai construir sua presença online, chegou o momento de começar a criar conteúdos valiosos.

É altamente recomendável variar os tipos de conteúdos publicados, principalmente porque eles precisam estar de acordo com as características dos canais onde serão veiculados.

A empresa pode criar textos, vídeos, e-books, podcasts, dentre outras possibilidades, mas o objetivo é falar sobre os assuntos de interesse da audiência e tentar resolver o problema dessas pessoas de alguma forma.

Outras opções também podem ser consideradas como materiais de qualidade, a exemplo dos cupons de desconto.

Todo mundo gosta de pagar um pouco menos, e se uma pessoa está procurando por conserto de celular mais próximo e descobre um estabelecimento que oferece um desconto para clientes novos, não vai pensar duas vezes.

Os cupons podem ser enviados por e-mail, inseridos no site e assim por diante. Outra boa ideia é fazer concursos hospedados no blog, pois isso ajuda a obter informações sobre os visitantes, como nome e e-mail.

Uma dica é criar esses eventos nas redes sociais onde a marca quer aumentar o número de seguidores, e para que essa estratégia seja um sucesso, pesquise os prêmios que sua audiência gostaria de ganhar.

Testar os resultados

Por fim, mas não menos importante, é imprescindível testar os resultados para melhorar o retorno sobre os investimentos. É assim que uma autoescola especializada em CNH especial moto vai descobrir quais estratégias funcionam ou não.

Também é uma forma de perceber que nem todas as ações de marketing vão gerar vendas e lucros imediatos. Mas, para mensurar do jeito certo, é indispensável contar com um profissional que vai avaliar o que funciona ou não.

Considerações finais

Qualquer empresa que queira crescer exponencialmente e em longo prazo deve investir em growth marketing. Como você viu, não se trata de uma estratégia complexa, muito pelo contrário.

Para potencializar ainda mais os resultados, procure fazer parcerias com especialistas internos e externos e alcance os propósitos do seu negócio. Ele vai crescer dentro e fora da internet e se consolidar no mercado em que atua.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Postagens relacionadas
Marketing Digital

Geração de leads qualificados: Entenda o que é esse processo e como qualificar

6 Mins read
A geração de leads qualificados é um fator cada vez mais determinante para o sucesso de campanhas e ações onlines. Por conta…
Marketing Digital

Mídia Paga e Mídia Orgânica: Entenda as diferenças e as vantagens de utilizá-las

7 Mins read
Produzir conteúdo e anunciar na internet são ações que muitas empresas e pessoas executam diariamente para obter excelente lucratividade e resultados. Os…
Marketing Digital

Fluxo de automação: Entenda o que é e como fazer

7 Mins read
O marketing digital possui diversos recursos para maximizar os resultados. Se o objetivo é aproveitar todas as oportunidades, então é fundamental saber…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *